Perfil

Minha foto
Assis sp, sp, Brazil
Artista plástico, Professor e grafiteiro, com formação na área de artes pelas Faculdades Integradas de Ourinhos, Como artista tenho aplicado muitos Workshop de arte urbana em faculdades e instituições, A expressão Arte Urbana ou street art refere-se a manifestações artísticas desenvolvidas no espaço público, distinguindo-se das manifestações de caráter institucional ou empresarial, bem como do mero vandalismo. A princípio, um movimento underground, a street art foi gradativamente se constituindo como forma do fazer artístico, abrangendo várias modalidades de grafismos - algumas vezes muito ricos em detalhes, que vão do Grafite ao Estêncil, passando por stickers e cartazes lambe-lambe, também chamados poster-bombs -, intervenções, instalações, flash mob, entre outras. A rua não é de ninguém e mesmo assim fui preso cinco vezes por fazer Grafite, inevitável que as autoridades ainda acham que nos artistas somos vagabundos ou infratores de nosso Amado País. Infelizmente Vivemos em um Lindo País, que poucas pessoas têm acesso cultural, nome deste País se chama Brasil Contatos: cel(18) 97480060 Email:alemaoart@hotmail.com

online

contador de visitas

Seguidores

Páginas

sábado, 24 de abril de 2010

Arte de rua Assis Sp

Reações: 

Sou artista de rua durante muitos anos
Para mim a arte na rua é toda aquela que é exposta num qualquer espaço de acesso público e livre mas que é produzida fora da rua (num estúdio, p.ex.). O seja: pode ser produzida em qualquer lugar e posteriormente exibida na rua! Uma estátua, uma exposição, etc. pode ser arte na rua.

A arte de rua é aquela que é produzida na rua: os pintores, músicos, atores, malabaristas, etc. enfim, todos os que produzem a sua arte diretamente no espaço público são artistas de rua.

A grande diferença está no acesso que o público tem à aprendizagem das técnicas. Por outras palavras: fazer no estúdio e levar para a rua é arte NA rua; fazer e expor na rua é arte DE rua.

Esta é uma discussão muito interessante especialmente quando se colocam questões legais sobre licenciamento. Fazer num estúdio e trazer para a rua deve ser considerado uma actividade sujeita a licença enquanto que produzir diretamente no espaço público é, por princípio, uma forma de expressão garantida na carta dos direitos humanos e nas contituiçõers dos países democráticos, pelo que nenhum governo tem o direito de pedir uma licença para tal. No fundo seria o mesmo que pedir uma licença para falar no espaço público!
Imagine que chega a um lugar se senta e começa a desenhar a paisagem e alguem lhe vem pedir para mostrar uma licença: um pouco ridículo, não?

Nenhum comentário:

Postar um comentário