Perfil

Minha foto
Assis sp, sp, Brazil
Artista plástico, Professor e grafiteiro, com formação na área de artes pelas Faculdades Integradas de Ourinhos, Como artista tenho aplicado muitos Workshop de arte urbana em faculdades e instituições, A expressão Arte Urbana ou street art refere-se a manifestações artísticas desenvolvidas no espaço público, distinguindo-se das manifestações de caráter institucional ou empresarial, bem como do mero vandalismo. A princípio, um movimento underground, a street art foi gradativamente se constituindo como forma do fazer artístico, abrangendo várias modalidades de grafismos - algumas vezes muito ricos em detalhes, que vão do Grafite ao Estêncil, passando por stickers e cartazes lambe-lambe, também chamados poster-bombs -, intervenções, instalações, flash mob, entre outras. A rua não é de ninguém e mesmo assim fui preso cinco vezes por fazer Grafite, inevitável que as autoridades ainda acham que nos artistas somos vagabundos ou infratores de nosso Amado País. Infelizmente Vivemos em um Lindo País, que poucas pessoas têm acesso cultural, nome deste País se chama Brasil Contatos: cel(18) 97480060 Email:alemaoart@hotmail.com

online

contador de visitas

Seguidores

Páginas

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Assis sp

Reações: 


ai esta nosso descontentamento politico

sábado, 28 de agosto de 2010

trabalho pixado

Reações: 




camisetas

Reações: 





Um conceito de camisetas diferentes , colocar a arte urbana nas camisetas e dar uma nova cara para moda.

Aerografia

Reações: 




Aerografia (ou airbrush em inglês), é uma técnica de pintura onde se utiliza uma pequena pistola ligada a um compressor de ar para produzir jatos de tinta.
Antes da computação gráfica, o aerógrafo era ferramenta fundamental para retoques fotográficos, e logo o instrumento foi relacionado à arte comercial. Com o florescimento da cultura de massa, e principalmente seu auge na publicidade, este equipamento foi introduzido no campo das belas artes. Atualmente existem trabalhos feitos com aerógrafo em todas as galerias do mundo, e seus preços são comparados a trabalhos feitos com pincel, mas nem sempre foi assim...
Sua aceitação em certos círculos de artistas foi muito lenta, pois era considerada uma arte mecânica. As objeções não se referiam tanto à qualidade alcançada em seus trabalhos, mas a razões mais teóricas. O artista não estabelece contato direto com a superfície de trabalho no ato da pintura... O ar é quem leva a tinta à tela... Suas origens na arte comercial não se perdoaram facilmente.

salas grafitadas

Reações: 




tecido

Reações: 



estêncil

Reações: 





Um estêncil (do inglês stencil) é uma técnica usada para aplicar um desenho ou ilustração que pode representar um número, letra, símbolo tipográfico ou qualquer outra forma ou imagem figurativa ou abstrata, através da aplicação de tinta, aerosol ou não, através do corte ou perfuração em papel ou acetato. Resultando em uma prancha com o preenchimento do desenho vazado por onde passará a tinta. O estêncil obtido é usado para imprimir imagens sobre inúmeras superfícies, do cimento ao tecido de uma roupa.

Por extensão de sentido, um estêncil é também um tipo de folha de papel fino que serve de matriz para impressão por mimeógrafo e a base da pintura serigráfica. Tanto na mimeografia, como na serigrafia, múltiplos estênceis são usados sobre a mesma superfície, produzindo imagens em mais de uma cor.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Tarumã sp

Reações: 



Sim é crime mais quem disse que eu paro esta no sangue .

“Grafite: Arte de Rua ou Crime?”

Reações: 

O Independent fez uma reportagem levantando uma questão presente na arte contemporânea: “Grafite: Arte de Rua ou Crime?“. É um tema recorrente, claro, e a motivação da matéria foi a prisão de um grupo de grafiteiros de Londres, que pode ficar até dois anos atrás das grades. O texto vale a leitura, o debate é sempre estimulante, mas o que eu mais gostei foi a lista de grafiteiros que merecem a nossa atenção, que eles colocam no final. Bansky ficou de fora, porque já é conhecido demais. Alguns dos mencionados são estes: Paul Insect (na foto acima, uma intervenção que peguei no site dele), Blek Le Rat e Nick Walker. Muito bom.


fernando disse: 17/07/2008 às 13:28A foto que foi utlilizada acima para ilustrar GRAFITE, na verdade nao é, é um sticker, uma nova tendencia de arte de rua, onde se usam ADESIVOS, como esse da foto.
Grafite é arte de rua sim, e nunca vi um grafite sendo feito em lugares que nao fossem permitidos, como um muro de uma casa.
Por favor, não confundir em momento algum GRAFITE com pixação, que isso sim no meu ver é crime. Para quem tiver curiosidade em saber mais sobre grafite veja http://www.youtube.com/watch?v=C0r3hgB3CsM
Mas tem muitos outros videos.

Responder
edgar disse: 17/07/2008 às 14:29!!!!!!CRIME!!!!!!!!!

Responder
Raquel disse: 17/07/2008 às 15:54Creio que o grafite de modo nenhum pode ser considerado um crime, já que se trata de uma expressão artística da cultura popular urbana, que foi criada a partir de uma construção coletiva. É nesse sentido que as pessoas que o consideram um crime argumentam: acreditam que, por se tratar de uma expressão popular, perde seu valor artístico. Só porque grafite não inunda os museus nem foi criado há não sei quantos anos, não pode ser considerado arte? Pelo contrário: a prova disso está nos vários estudos sobre o tema e o interesse de galerias de arte e da própria população. Ao invés de classificar o grafite ou qualquer outra expressão artística em boa ou ruim, deveríamos pensar nas pessoas que o produzem e o porquê de fazerem isso – qual a mensagem que querem transmitir; porque arte também é comunicação. Talvez assim não veremos mais pessoas serem presas por se expressarem de modo diferente.

Responder
Marcelo Fernandes Garcia de Carvalho disse: 17/07/2008 às 16:08Acredito que a desculpa da “expressão artística” é muito recorrente quando se fala de Pixação ou outras artes como a da figura do artigo, concordo com o fernando quando ele disse que se deve diferenciar o Grafite de Pixação, mas para alguns pixação é vista como arte, o que para min é apenas vandalismo, não importa se a pixação foi uma obra de arte ou apenas algum nome rabiscado, se foi feito em lugar inapropriado ou ilegal, deve ser considerado vandalismo e que o autor sofra as conseqüências.

Responder
alberto tossin disse: 17/07/2008 às 16:51nada justifica um vandalismo, porém, é errado confundir graffiti com pixação. os dois tem a mesma origem, os guetos americanos, todavia, se diferenciam em sua composição, forma e apresentação. não se pode negar que os dois grupos visam o marketing pessoal, mas a forma como se chega ao status e o que se apresenta é o diferencial. talvez, você não encontre dificuldade de achar um quadro abstrato bonito, sendo que se trata de um monte de riscos sem nexo, mas acha horrivel o graffiti; porque? somente por que mostra uma realidade que você não gosta de enxergar? ou porque o seu mundo é tão bitolado que você não gosta de nada que não seja famoso, que não seja de grife e que não seja divulgado constantemente na midia?. existem obras de graffiti que estão expostas em grandes galerias, pintadas em casa de pessoas famosas e que valhem uma fortuna; graffiteiros estão sendo contratados para fazerem comerciais,clipes de bandas e como designers. pixação só é vista como arte, para quem está no meio, para quem pixa. infelizmente, o graffiti vai ter que lutar muito ainda para vencer, não digo nem o preconceito, mas sim a falta de informação do povo. espero que esta luta não dure muito!!!

Responder
Sergio disse: 20/07/2008 às 22:46No meu ponto de vista o grafite deve ser considerado como uma oficina de desenho
e ser apresentado para contribuir com os espaços aonde existir inspiração e respeito as opinioes expotas pelo desenhistas dando atenção merecida necessaria para contribuir com sua imaginação

Responder
keythe disse: 13/08/2008 às 10:29na minha opinião não e crime
porque seria
se e apenas a arte querendo ter espaço para se expressar

Responder
Felipe disse: 21/08/2008 às 19:16O graffit é a evolução das ruas….traz conhecimento espressa o sentimento do autor bem diferente de vandalismo….como pixe..o graffite é asseito por todos ….. o graffit é arte….. Falo por que faço mas naum tive a oportunidade de fazer em paredes demostro apenas no papel………
esta materia esta em direito do jornalista e culunista sde encontram neste sihttp://colunistas.ig.com.br/ricardolombardi/grafite-arte-de-rua-ou-crime/te

Estudos antes do Grafite

Reações: 


desenhos simples

Reações: 



desenhos simples

Reações: 



bauru sp

Reações: 



centro cultural bauru

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Bauru sp Anny

Reações: 

Os melhores sites de cultura

Reações: 
==/==


os sites que respiram cultura - primeiro artigo colaborativo obvious

Mais em: http://obviousmag.org/archives/2010/08/os_sites_que_respiram_cultura.html#ixzz0xet4MB5A





•Accujazz.com - www.accujazz.com/ - @blackfabioink @prill


•Aguarras - www.aguarras.com.br - @henriquearake


•Aporias - blog.aporias.com.br/ - @blackfabioink


•Babel das Artes - babeldasartes.wordpress.com - @babeldasartes


•B-Coolt - www.b-coolt.com - @dkfelipe


•Blog do André de Leones - vicentemiguel.wordpress.com - @gabrielgodinho


•Canal Brasil - canalbrasil.globo.com/ - @labrabom


•Cartel Urbe - http://cartelurbe.blogspot.com/ - @telmomendesleal


•Catraca Livre - http://catracalivre.folha.uol.com.br/ - @dkfelipe


•Colmeia de Letras - colmeiadeletras.blogspot.com/ - @feserpa


•Colherada Cultural - www.colheradacultural.com.br/ - @wparron


•Contra Campo - www.contracampo.com.br/# @CaoticaNine


•Cronopios - http://www.cronopios.com.br @fabriciokc


•Digestivo Cultural - http://www.digestivocultural.com @renatapenzani @blackfabioink


•Dominio Público - http://www.dominiopublico.gov.br @curitibacultura @prill @Cris_LSantos


•Editora Cosac&Naify - http://editora.cosacnaify.com.br/blog/ - @prill


•Jangada Brasil - http://www.jangadabrasil.com.br @prill


•Inagaki - http://www.pensarenlouquece.com - @bjunior @edgardfp


•Juxtapoz - www.juxtapoz.com - @inesmerino


•Lost Art - http://www.lost.art.br/ - @prill @myialine @blackfabioink


•Making-off, Fórum - http://www.makingoff.org/forum/index.php - @gabrielgodinho


•Morte Súbita, Inc. - http://www.mortesubita.org/ - @blackfabioink


•No Culture No Future - http://noculturenofuture.blogspot.com/ - @prill


•Overmundo - http://www.overmundo.com.br/ - @sievangelista @catengo @camilabusarello


•POP polo de pensamento contemporâneo - http://www.polodepensamento.com.br/ @fabriciokc @Cris_LSantos


•Pensador - http://www.pensador.info


•Porta Curtas - http://www.portacurtas.com.br/ Jonas C. Moraes


•Posterize - http://posterize.com.br/ - @camilabusarello


•Produtor Cultural Independente http://produtorindependente.blogspot.com/ @edgardfp


•Releituras - http://www.releituras.com/ Jonas C. de Moraes


•Revista Bravo - http://bravonline.abril.com.br/ - @obvious @d3mocrito @edgardfp


•Revista Galileu - http://revistagalileu.globo.com/ - @blackfabioink @myialine


•Revista IdeaFixa - http://www.ideafixa.com/ - @prill @bjunior @jhonbermond


•Revista Piauí - http://www.revistapiaui.com.br/ - @bjunior @prill @blackfabioink @renatapenzani @myialine @fabriciokc @rafaelfilos @iduardo @d3mocrito @Cris_LSantos @edgardfp


•Site rraurl.com http://rraurl.com


•Revista Bula - http://www.revistabula.com/ - @gabrielgodinho


•Revista DIF - http://www.difmag.com/ - @telmomendesleal


•Revista Super Interessante - http://super.abril.com.br/ - @obvious @bjunior


•Revista TRIP - http://revistatrip.uol.com.br/index.php - @blackfabioink


•Revista Zupi - http://www.zupi.com.br/ - @myialine @bjunior @blackfabioink


•Revista Up - http://www.revistaup.com/ - @myialine


•Scream & Yell - http://www.screamyell.com.br/ - @gabrielgodinho


•Sesc SP - http://www.sescsp.org.br/sesc/ - @wparron


•Tabloide Digital - http://millarch.org/ - @brunobarrett


•Tatooed City - http://cidadetatuada.blogspot.com/ - @telmomendesleal


•TED - Ideas Worth Spreading - http://www.ted.com/ - @blackfabioink


•Ubu Web - http://www.ubu.com @curitibacultura


•Vida Breve - http://www.vidabreve.com - @renatapenzani


•Wagner & Beethoven - http://wagnerebeethoven.apostos.com/ - @blackfabioink @prill @edgardfp


•Yay Everyday - http://www.yayeveryday.com - @renatapenzani


Mais em: http://obviousmag.org/archives/2010/08/os_sites_que_respiram_cultura.html#ixzz0xesZ3ttu

Echaporã estrada

Reações: 



estava voltando de mais um role , ainda tinha sobrado um pouquinho de tinta então vi esta casa abandonada, não usei spray pois o lugar era de visão só de carros e para ser visto de longe,mesmo sendo desenho tem ai um pouco de vandal grafite sem permissão.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Cores

Reações: 

A Percepção das Cores

A cor é percebida através dos cones na nossa visão. Existem no olho cerca de seis milhões de cones e a ausência ou deficiência dos cones causa o daltonismo. A cor representa uma percepção para o cérebro e o estimula a diferenciar uma cor da outra. Assim, o cérebro aprende a corrigir a cor dos objetos, ou seja, se usar um óculos escuro, ao tirá-lo o cérebro mostrará tudo escuro por um tempo até que perceba que deve deixar a correção.

Pesquisa realizada por um laboratório de cores mostrou que as pessoas julgam subconscientemente uma outra pessoa, um ambiente ou um objeto pela cor. O emocional liga a cor a uma determinada situação:

- Vermelho; perigo, quente, excitante, sexo.
- Azul; masculino, frio, calmo, estável.
- Branco; puro, honesto, frio.
- Pastel; feminino, sensível, delicado.
- Laranja; emoção, positivo.
- Negro; morte, poder, autoridade, seriedade.
- Rosa; feminino, quente, ardente.
- Verde; natureza, conforto, esperança, dinheiro.
- Amarelo; sol, calor, calma, tranquilidade.

Há pessoas que possuem deficiências para perceber as cores, essas atingem mais homens que mulheres. O fato de o homem possuir um só cromossomo X faz com que o número de deficiência seja grande, já nas mulheres, por possuir dois cromossomos X, é necessário que os dois cromossomos estejam defeituosos para que sua visão seja afetada.