Perfil

Minha foto
Assis sp, sp, Brazil
Artista plástico, Professor e grafiteiro, com formação na área de artes pelas Faculdades Integradas de Ourinhos, Como artista tenho aplicado muitos Workshop de arte urbana em faculdades e instituições, A expressão Arte Urbana ou street art refere-se a manifestações artísticas desenvolvidas no espaço público, distinguindo-se das manifestações de caráter institucional ou empresarial, bem como do mero vandalismo. A princípio, um movimento underground, a street art foi gradativamente se constituindo como forma do fazer artístico, abrangendo várias modalidades de grafismos - algumas vezes muito ricos em detalhes, que vão do Grafite ao Estêncil, passando por stickers e cartazes lambe-lambe, também chamados poster-bombs -, intervenções, instalações, flash mob, entre outras. A rua não é de ninguém e mesmo assim fui preso cinco vezes por fazer Grafite, inevitável que as autoridades ainda acham que nos artistas somos vagabundos ou infratores de nosso Amado País. Infelizmente Vivemos em um Lindo País, que poucas pessoas têm acesso cultural, nome deste País se chama Brasil Contatos: cel(18) 97480060 Email:alemaoart@hotmail.com

online

contador de visitas

Seguidores

Páginas

sábado, 27 de março de 2010

Bruno Borges

Reações: 

Bruno Borges

Reações: 

Cortem as cabeças!

Reações: 

Cortem as cabeças!
por Zupi
As belas modelos de campanhas publicitárias e estrelas de cinema fazem a cabeça de muita gente… mas não a dele.

Decapitator, o artista anônimo que age pelas ruas de Londres guilhotinando as celebridades espalhadas por cartazes, outdoors e capas de revistas, deixa claro seu desprezo pelo glamuroso mundo da fama através de suas intervenções.

Em suas investidas, o artista cola por cima dos rostos escolhidos um adesivo que ostenta um pescoço em carne viva, enfeitado com a ponta de um ossinho - detalhe que empresta à macabra ação um toque de irreverência.

A cada nova ação de Decapitator - que já fez as cabeças de Sarah Jessica Parker, Shakira e as de muitas outras estrelas rolarem - fica a seguinte pergunta: quem será a próxima vítima de sua ácida arte?
Reações: 
Reações: 

Cortem as cabeças!

Reações: 

Cortem as cabeças!

Reações: 

Cortem as cabeças!

Reações: 

domingo, 21 de março de 2010

Graffitis na pintura clássica

Reações: 

No total, há mais de 100 imagens um mote ao responderam e que o elevam um clássico um nível muito mais urbano. Por exemplo, podemos ver O beijo, Do pintor veneziano Francesco Hayez, com um ambiente totalmente recriado que nos lembra o interior de um metropolitano. Já ao quadro do espanhol Murillo, Velha rapaz e, Foi retirado o rapaz e construiu-se um muro pintado um latas de tinta, onde sobressai a palavra "idiota". E enquanto que a rainha da Bélgica é encontrada freiras aposentos não muito convencionais, A Última Ceia é recriada num tom muito underground.

E a selecção não termina por aqui: São dezenas de imagens a descobrir, todas com um toque de originalidade, Independentemente das imagens da qualidade, ou da perfeição das montagens.

Graffitis na pintura clássica

Reações: 

Imagine que na altura em que foram pintados os grandes quadros da pintura ocidental, no século XVI, XVII e XVIII, já Existiam graffitis. E que, em vez de muros Claros, colunas brancas e toda uma paisagem muito limpa, os cenários eram pautados por assinaturas e desenhos em tintas de lata. Um pouco difícil de conceber, mas foi esse o desafio lançado pela Worth 1000, Um site que se intitula de redesign.

Neste site pueden ser feitos desafios aos utilizadores eo Graffiti Ren - Diminutivo da palavra Renascença - já vai na segunda edição. Em rigor, o Renascimento aqui é encarado num sentido lato, abrangendo o período de tempo que vai desde o Alto Renascimento até ao Renascimento tardio, onde pontuaram expressões como o Barroco eo Rococó.



Leia mais: http://obviousmag.org/archives/2009/12/graffitis_pintura_classica.html#ixzz0irlll776

Graffitis na pintura clássica

Reações: 

Graffitis na pintura clássica

Reações: 

Graffitis na pintura clássica

Reações: 

Graffitis na pintura clássica

Reações: 

Graffitis na pintura clássica

Reações: 

sexta-feira, 19 de março de 2010

as caricaturas de Tiago Hoisel

Reações: 

A caricatura é mais do que uma brincadeira. Para aqueles que não sabem, existe toda uma técnica que tem de ser dominada e os desenhos são feitos com tanta inspiração e talento, como em qualquer outra arte. Tiago Hoisel, caricaturista de Salvador da Bahia, é um bom exemplo do domínio de boa parte desta técnica, apesar de ter apenas 25 anos.

Fazendo parte da nova geração de ilustradores brasileiros, Hoisel vem chamando a atenção do mercado editorial, devido à sua qualidade, humor e rigor nos detalhes, trabalhando para muitas revistas brasileiras. Uma das suas maiores inspirações é o cartunista Ique, nome de referência nas caricaturas brasileiras que trabalha há mais de 20 anos no Jornal do Brasil.

Hoisel domina o Photoshop como poucos e dá vida às suas personagens trasnformando-as em desenhos dignos da Pixar. Trabalhando quase todos os dias, prefere o 2D e e os desenhos pouco elaborados e as ideias simples. Hoje trabalha principalmente em publicidade, onde tem pouco tempo e uma alta exigência de qualidade, utilizando texturas de fotografias para enriquecer as imagens.

Quanto ao futuro, Hoisel quer continuar a estudar pintura e possivelmente trabalhar em animação, pois a concepção de personagens sempre foi algo que o fascinou. Com talento, tudo é possível e quem sabe se um dia ele não estará na Pixar?



Leia mais: http://obviousmag.org/archives/2010/03/as_caricaturas_de_tiago_hoisel.html#ixzz0igRcWdVi
Reações: 

as caricaturas de Tiago Hoisel

Reações: 

as caricaturas de Tiago Hoisel

Reações: 

as caricaturas de Tiago Hoisel

Reações: 

Alessandro Bavari

Reações: 

Bavari nasceu em Latina, uma pequena cidade a sul de Roma, decidindo-se pelo ramo artístico quando começou a fazer fotomontagens aos 15 anos. Depois, estudou cenografia, fotografia, história da arte, desenvolvendo as técnicas de pintura em óleo, aguarelas e estampas, ao mesmo tempo que experimentava métodos mais industriais e fotográficos. Desde 1993, trabalha em manipulação digital, desenvolvendo uma linguagem artística própria da qual estas séries são um exemplo.

Imagem do medo

Reações: 

cidades do pecado

Reações: 

Sodoma e Gomorra, as cidades do pecado - Alessandro Bavari

Reações: 

Sodoma e Gomorra, as duas cidades bíblicas destruídas pela ira de Deus pelo seu vício e pecado, voltaram a ganhar vida pelas mãos de Alessandro Bavari. O italiano decidiu recriá-las numa colecção de arte digital obscura feita unicamente em Photoshop.

Inspirado na arte renascentista italiana e flamenga, as séries Sodoma e Gomorra lembram-nos o assustador imaginário religioso dos pintores d século XIV e XV. Autênticas aberrações dignas do fim do mundo acompanhadas de um cenário sombrio e de versos bíblicos, como a Epístola de Judas, criam um freak show à moda antiga: um lugar onde cada um pode escrutinar os seus desejos mais intímos no dia-a-dia para encontrar o seu caminho e voltar a perder-se.

Nas duas cidades proibidas, as pessoas viviam numa ausência total de moralidade, devotas ao vício e à luxúria, onde todo o tipo de perversão sexual era mera rotina. No entanto, Bavari tem uma perspectiva diferente destes locais: vê-os como um parque de diversões para visionários, e o seu olhar não é acusador, nem benevolente - simplesmente curioso. E desse olhar quase analítico nascem as imagens que agora vemos.



Leia mais: http://obviousmag.org/archives/2010/03/sodoma_e_gomorra_as_cidades_do_pecado_-_alessandro.html#ixzz0igHQk1Rj

sexta-feira, 12 de março de 2010

A mais linda de todas

Reações: 

O grande morcegão

Reações: 

Homem de ferro.

Reações: 

esqueleto

Reações: 

star wars

Reações: 

Flash . O mais rapido.

Reações: 

Mulher maravilha.

Reações: 

wolverine

Reações: 

homem aranha 3.

Reações: 

Aposentadoria

Reações: 

o fim da carreira dos super heróis.

O verdadeiro homem aranha

Reações: 

Homem aranha 120 kilos

Reações: 

apenas uma realidade , por que um super herói não pode ser como nos seres humanos , gordos ,magros , feios , e cheio de problemas .

Homem aranha 40 anos

Reações: 

O Homem-Aranha (Spider-Man em inglês) é um personagem fictício da Marvel Comics. É um dos mais importantes e populares super-heróis das histórias em quadrinhos, séries animadas, filmes e outras formas de mídia. Suas revistas estão entre as mais vendidas do gênero no mundo há décadas. É a identidade secreta de Peter Parker. Foi criado por um dos mais bem-sucedido criadores moderno de histórias em quadrinhos, Stan Lee e por seu grande parceiro, Steve Ditko. Até muito antes da publicação de Homem-Aranha no meio da década de 60, os heróis seguiam um padrão mais ou menos uniforme de rigidez moral e retidão, tanto em suas vidas normais quanto quando travestidos em seus alter-egos. Além disso foi o primeiro herói a ganhar dinheiro com o uso de seus poderes: Peter Parker vende fotos do Homem-Aranha para o Clarim Diário. Seus motivos, porém, são altruístas: ele ajuda a tia viúva e idosa a pagar as contas, principalmente com os remédios. É, portanto, um dos super-heróis mais humanizados das histórias em quadrinhos, o que o levou a um sucesso estrondoso e a uma competição direta de popularidade com ícones do nível de Superman e Batman.

Batman 78 anos

Reações: 

Batman é um super-herói, personagem de histórias em quadrinhos publicadas pela editora norte-americana DC Comics, cuja primeira aparição alguns acreditam ter sido em desenhos de Frank Foster em 1932,[1] e que foi publicado posteriormente na revista Detective Comics #27, em Maio de 1939. Mais tarde, juntamente a Superman (também da DC Comics) e Homem-Aranha (da Marvel Comics), Batman seria um dos mais conhecidos super-heróis do mundo. Batman foi co-criado pelo desenhista Bob Kane e o escritor Bill Finger, embora apenas Kane receba oficialmente os créditos, apesar de seus esforços para dividir os méritos na criação do personagem. Fã da cultura vampiresca, especialmente das histórias ligadas ao personagem conhecido como Drácula, Kane imaginou um herói baseado no mesmo, com roupas negras, capa vermelha e ligado ao tema dos morcegos, mas foi Finger que deu ao personagem o formato pelo qual ficaria consagrado. Apesar de oficialmente creditado a Bob Kane, os desenhos de Frank Foster II, artista ligado à indústria de publicações de Nova Iorque na década de 1930, foram considerados autênticos pela DC Comics.

Mulher Maravilha 69 anos

Reações: 

A Mulher-Maravilha é uma super-heroína de histórias em quadrinhos e desenhos animados da DC Comics. Ela é a princesa de Themyscira, filha da rainha das amazonas, Hipólita. Sua mãe a criou a partir de uma imagem de barro, à qual cinco deusas do Olimpo deram vida e presentearam com superpoderes. Já adulta, foi enviada para o "mundo dos homens" para espalhar uma missão de paz, bem como lutar contra o deus da guerra, Ares. Tornou-se integrante da Liga da Justiça, assim como Superman e Batman. Ela foi a primeira heroína a ser criada, em 1941, pela DC Comics. Estreou em All Star Comics #8 (Dez. 1941).

Hulk 48 anos

Reações: 

O Incrível Hulk é um dos personagens mais conhecidos das histórias em quadrinhos. Foi o super-herói da segunda série de histórias criada por Jack Kirby e Stan Lee, em 1962, dando continuidade à revolução dos quadrinhos iniciada com o Quarteto Fantástico. Seu nome verdadeiro é Dr. Robert Bruce Banner.

Thor 48 anos

Reações: 

Thor é um personagem de HQ presente no Universo Marvel, publicado pela Marvel Comics. Baseado no deus Thor da mitologia nórdica, ele foi criado por Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby, tendo Joe Sinnot participado como desenhista ajudante, não sendo creditado. Sua primeira aparição foi numa revista chamada Journey into Mystery #83, em 1962, nos E.U.A..

Quando O Poderoso Thor surgiu para os quadrinhos Marvel, os artistas se inspiraram nas lendas nórdicas, com seus deuses e ameaças tão fantásticas. Mas ele só foi retratado como o verdadeiro deus nórdico e não um humano com seus poderes, quando Lee assumiu os roteiros da personagem, que no início ficaram a cargo de seu irmão, Larry Lieber. Assim foi criado um dos mais poderosos membros dos Vingadores.

Em várias histórias Thor enfrenta divindades de outras mitologias. O confronto mais memorável foi quando combateu Hércules, num arco de histórias de Lee/Kirby e que introduziu os deuses gregos no Universo Marvel. Também já enfrentou deus egípcio Seth.

Superman 72 anos

Reações: 

Em 1938, estreava nas páginas de Action Comics#01 o personagem que daria inicio na chamada "Era de Ouro" dos quadrinhos. Esse personagem lançaria um conceito que não só mudaria a cara das HQs, como também passaria a fazer parte da cultura pop mundial. Nem mesmo seus criadores, Jerry Siegel e Joe Shuster, tinham muita certeza de seu sucesso, tanto que venderam os direitos de publicação a National Periodicals (atual DC Comics) após quatro anos de tentativas frustradas de publicar o personagem.

Hoje,72 anos depois, o Superman já sofreu diversas interpretações diferentes em praticamente todas as mídias. Estrelou desenhos animados, seriados de TV, filmes, livros e até mesmo um seriado radiofônico, além de diversas publicações mensais pela DC Comics. Em meio a tudo isso, diversas versões foram apresentadas, diversas revisões e alterações em sua abordagem e origem foram feitas, e até mesmo versões alternativas vivendo em Terras Paralelas foram criadas, tornando a trajetória do herói uma das mais ricas e fascinantes de todos os tempos.
Em seus primeiros anos de vida o Homem de Aço apresentava personalidade e atitude bem diferentes das atuais.

Ele era um vigilante misterioso, pouco se sabia sobre ele, era mais violento (chegando a matar em algumas histórias posteriores na época), e seus poderes eram bastante reduzidos, sendo capaz de saltar grandes distâncias e dotado de superforça e invulnerabilidade.

Clark Kent possuía todas as características opostas ao seu alter-ego super-herói. Era tímido, covarde e sentia um amor nunca correspondido por sua colega de trabalho, Lois Lane, que por sinal, ficou fascinada pelo Superman desde a primeira vez que o viu.

PIU PIU completou 61 anos

Reações: 

Os Mistérios de Piu-piu , baseada nos desenhos Looney Tunes, da Warner Bros..

Segundo a história oficial, Piu-Piu (ou Tweety, seu nome em inglês) é uma criação do desenhista americano Bob Clampett, que disse ter-se inspirado nos filhotes de passarinho e em fotos dele próprio quando bebê. Mas a verdade é que, fisicamente, Piu-Piu é muito parecido com ETs. Para um observador atento, o formato do rosto do passarinho é semelhante ao dos homenzinhos verdes que muitas pessoas afirmam já ter topado por aí. Além disso, a gaiola onde vive Piu-Piu lembra um disco voador.

Piu-Piu fez sua primeira aparição nos desenhos animados em 1942, na história A Tale of Two Kitties. Cinco anos depois, em 1947, no desenho Tweetie Pie, aconteceu o primeiro encontro entre Piu-Piu e seu arquiinimigo, o gato Frajola – que seria a representação dos humanos. Para quem não sabe, 1947 é o ano do nascimento da ufologia moderna, pois foi quando tiveram início os relatos generalizados de avistamentos de objetos voadores não-identificados na Terra. Nesse mesmo ano, Tweetie Pie ganhou o Oscar de melhor curta-metragem de animação. Segundo alguns conspirólogos, é uma prova contundente de que a Academia de Hollywood é cúmplice da conspiração dos ETs em seu objetivo de conquistar o planeta,Será que criador era doidão,ou ele acreditava mesmo em seres extras terrestres.Mas não é de hoje que conspirólogos levantam suspeitas sobre mensagens subliminares transmitidas por personagens de desenhos animados e quadrinhos. Essas criaturas já foram acusadas de fazer parte de uma grande conspiração ocidental para difundir o imperialismo americano em todo o mundo. O clássico Para Ler o Pato Donald – Comunicação de Massa e Colonialismo, livro escrito em 1971 pelo chileno Ariel Dorfman e pelo belga Armand Mattelart, é um dos mais duros ataques já feitos ao mundo criado por Walt Disney. Utilizando cada detalhe do relacionamento entre Pato Donald e seus três sobrinhos, os autores afirmam que essas histórias incutem valores americanos, como conformismo e consumismo.

BARBIE COMPLETOU 50 ANOS

Reações: 

A Barbie completa 51 anos em 2010, com um corpo de 20, A Barbie foi introduzida pela primeira vez no American International Toy Fair, em Nova York em fevereiro de 1959., . Depois de reparar no interesse da filha por bonecas de mulheres adultas, Ruth Handler sugeriu a idéia de uma boneca adulta, que depois ela nomeou com o nome de sua filha, Barbara. A princípio, a imagem feminina da boneca e seu rosto pintado baralharam opiniões e poucos teriam imaginado que mais de 35 anos mais tarde Barbie seria um dos mais bem sucedidos e duradouros brinquedos do mercado,A aparência da Barbie foi modelada em uma boneca alemã, Lilli. Esta foi baseada em um personagem popular de história em quadrinhos. Posteriormente, a Mattel começou a anunciar seu novo brinquedo na televisão, as vendas da Barbie foram um sucesso, o que levou os Handlers a adicionar um namorado, Ken (nome de seu filho) em 1961; uma melhor amiga, Midge, em 1963, e uma irmã, Skipper, em 1964 . O sucesso foi estrondoso, implicando na criação de vários outros itens relacionados com as bonecas como o carro e a Casa dos Sonhos da Barbie.
Ao longo dos anos, a figura voluptuosa da Barbie tem suscitado controvérsias. Se ela fosse humana, suas medições deveriam ser de aproximadamente 91,5 cm de tórax, 45,7 cm de cintura e 84 cm de quadril ,Uma questão que coloca na cabeça das meninas a serem magras e lindas como uma boneca barbe,um padrão que leva a morte muitas da mulheres que querem chegar a padrão Barbie , A realidade da barbie seria esta após 50 anos.

segunda-feira, 8 de março de 2010

SÍNDROME DE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

Reações: 


Também conhecida como despersonalização, é uma desorientação neurológica que afeta a percepção visual humana. Os pacientes percebem outras pessoas, animais e objetos inanimados como menores do que são em realidade. Geralmente o objeto percebido parece estar bem longe e extremamente próximo ao mesmo tempo. Por exemplo, o cão da família pode aparentar o tamanho de um rato ou um carro normal do tamanho de um de brinquedo. Isso leva a uma forma específica da condição chamada Visão Lilliputiana ou Alucinações Lilliputianas, nomeadas por causa das pequenas pessoas nas viagens de Gulliver, de Jonathan Swift. O problema é exclusivamente de percepção, a mecânica dos olhos não é afetada, apenas a interpretação feita pelo cérebro das informações que passam por eles.

PROGÉRIA: crianças anciãs

Reações: 

A Progéria é causada por um único minúsculo defeito no código genético da criança, mas tem efeitos devastadores para a vida dela. Uma criança nascida com esta doença geralmente não chega aos 13 anos de idade. Desde a primeira idade seus corpos aceleram o processo normal de envelhecimento, eles sofrem terríveis sintomas, comumente incluindo calvície, doença cardíaca, osteoporose e artrite. A Progéria é extremamente rara afetando apenas um em cada 8 milhões de nascimentos. No entanto há uma família que tem cinco crianças com a doença.

ELEFANTÍASE: perna de elefante

Reações: 

Elefantíase é a doença causada pelos nematóides que se alojam nos vasos linfáticos, causando linfedema. A doença é também chamada de como elefantíase, por causa do aspecto de perna de elefante do paciente com a forma avançada desta doença. Quando o parasita obstrui o vaso linfático, o edema é irreversível, portanto deve ser dada grande importância à prevenção com mosquiteiros, repelentes e evitando o acúmulo de água parada.

SÍNDROME DE LOBISOMEM

Reações: 
Quando começaram a aparecer tufos peludos no rosto da pequena Abys DeJesus, de dois anos, os médicos disseram que ela sofria de uma condição chamada de Síndrome de Lobisomem ou Hipertricose. A doença tem este nome por que as pessoas com ela têm aparência de lobisomem, exceto pelos dentes e garras afiadas. No México, os homens de uma grande família têm pelos cobrindo seus rostos e torsos. Dois irmãos receberam convite para participar do famoso seria de TV Arquivo X, mas eles recusaram a oferta.