Perfil

Minha foto
Assis sp, sp, Brazil
Artista plástico, Professor e grafiteiro, com formação na área de artes pelas Faculdades Integradas de Ourinhos, Como artista tenho aplicado muitos Workshop de arte urbana em faculdades e instituições, A expressão Arte Urbana ou street art refere-se a manifestações artísticas desenvolvidas no espaço público, distinguindo-se das manifestações de caráter institucional ou empresarial, bem como do mero vandalismo. A princípio, um movimento underground, a street art foi gradativamente se constituindo como forma do fazer artístico, abrangendo várias modalidades de grafismos - algumas vezes muito ricos em detalhes, que vão do Grafite ao Estêncil, passando por stickers e cartazes lambe-lambe, também chamados poster-bombs -, intervenções, instalações, flash mob, entre outras. A rua não é de ninguém e mesmo assim fui preso cinco vezes por fazer Grafite, inevitável que as autoridades ainda acham que nos artistas somos vagabundos ou infratores de nosso Amado País. Infelizmente Vivemos em um Lindo País, que poucas pessoas têm acesso cultural, nome deste País se chama Brasil Contatos: cel(18) 97480060 Email:alemaoart@hotmail.com

online

contador de visitas

Seguidores

Páginas

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Televisão

Reações: 

“A televisão me deixou burro muito burro demais, agora todas as coisas que penso me parecem iguais (…)

Ô Cridê fala pra mãe, que tudo que a antena captar meu coração captura (…)”

Titãs – Televisão

Esta cada vez mais difícil assistir televisão, sem ao menos, me sentir meio subestimado. As senhoras Emissoras, na maior parte do tempo, nos presenteiam com uma programação extremamente medíocre, que ocupa espaço em suas grades e atrai anunciantes de produtos e serviços, porém não instiga ninguém a fazer algo que é realmente importante: Pensar!

Obviamente, existem alguns poucos programas com a intenção – em tese – de passar algum conteúdo para seu telespectador, no entanto, estes sobrevivem em horários que poucos podem assistir. Normalmente essa “programação pensante” está espalhada por aí e acolá nas madrugadas, disputando espaço com Pastores Evangélicos, enquanto a classe trabalhadora – que de fato precisa ter um pensamento mais crítico – não tem conhecimento de sua existência.

Como um bom exemplo disso, posso citar a emissora tida como “Vênus Platinada”, que até possui alguns bons programas, mas estes são exibidos muito tarde! Além dos programas produzidos para os canais de TV a cabo da mesma empresa, que nem se comparam aos que são exibidos na TV aberta. E não me diga que aquele tradicional telejornal das 20:00 horas, faz com que as pessoas desenvolvam uma opinião crítica sobre alguma coisa.

Esse tipo de reflexão me leva a pensar no real papel da Televisão. Para o que serve a TV, afinal?! Para entreter? Para ensinar? Para vender? Deixo aqui essa questão para quem quiser comentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário