Perfil

Minha foto
Assis sp, sp, Brazil
Artista plástico, Professor e grafiteiro, com formação na área de artes pelas Faculdades Integradas de Ourinhos, Como artista tenho aplicado muitos Workshop de arte urbana em faculdades e instituições, A expressão Arte Urbana ou street art refere-se a manifestações artísticas desenvolvidas no espaço público, distinguindo-se das manifestações de caráter institucional ou empresarial, bem como do mero vandalismo. A princípio, um movimento underground, a street art foi gradativamente se constituindo como forma do fazer artístico, abrangendo várias modalidades de grafismos - algumas vezes muito ricos em detalhes, que vão do Grafite ao Estêncil, passando por stickers e cartazes lambe-lambe, também chamados poster-bombs -, intervenções, instalações, flash mob, entre outras. A rua não é de ninguém e mesmo assim fui preso cinco vezes por fazer Grafite, inevitável que as autoridades ainda acham que nos artistas somos vagabundos ou infratores de nosso Amado País. Infelizmente Vivemos em um Lindo País, que poucas pessoas têm acesso cultural, nome deste País se chama Brasil Contatos: cel(18) 97480060 Email:alemaoart@hotmail.com

online

contador de visitas

Seguidores

Páginas

domingo, 26 de setembro de 2010

A CRUZ SÍMBOLO DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Reações: 


ROMA - Um museu italiano desafiou o papa Bento XVI e se recusou a remover uma escultura de arte contemporânea que mostra um sapo verde crucificado, segurando nas mãos uma caneca de cerveja e um ovo. O Vaticano considerou a peça uma blasfêmia.
A maioria dos membros do conselho do museu Museion, na cidade de Bolzano, decidiu que o sapo é uma obra de arte e continuará na exposição.

Chamada de "Zuerst die Fuesse" (primeiro os pés), o sapo usa um pano verde na área da cintura e está pregado pelas mãos e pelos pés como JESUS CRISTO. Uma língua verde pende para fora de sua boca.

O trabalho do artista alemão Martin Kippenberger, morto em 1997, foi exposto na Tate Modern e na Galeria Saatchi, em Londres, e na Bienal de Veneza. Retrospectivas da obra do artista estão programadas para Los Angeles e Nova York.

Autoridades do museu localizado na região ao norte de alto Ádige disseram que o artista considera a peça uma ilustração do medo sentido pelos seres humanos.
Em nome do papa, o Vaticano escreveu uma carta de apoio a Franz Pahl, líder do governo daquela região e uma das vozes contrárias à escultura.

Na carta, o Vaticano disse que a obra "fere os sentimentos religiosos de muitas pessoas que vêem na cruz o símbolo do amor divino."

Mais uma vez em pleno o século XXI JESUS CRISTO é notícia no mundo habitado. Mesmos sendo através de uma polêmica, contudo esta atitude de publicar algo que contraria o grande sentido da cruz para os cristãos além de escarner (na visão do Vaticano) publica mais uma vez a cruz de Cristo, que segundo o apóstolo Paulo "é o poder de Deus" como ele disse: "Por que a palavra da Cruz é loucura para os que perecem, mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus" (I Co 1:18). Uma obra de arte contemporânea não tem o poder de invalidar o grande significado da cruz de Cristo, apenas os nossos pecados podem desmerecer o grande valor do sacrifício de Cristo na Cruz.



Emmanuel Neto Adaptado: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário