Perfil

Minha foto
Assis sp, sp, Brazil
Artista plástico, Professor e grafiteiro, com formação na área de artes pelas Faculdades Integradas de Ourinhos, Como artista tenho aplicado muitos Workshop de arte urbana em faculdades e instituições, A expressão Arte Urbana ou street art refere-se a manifestações artísticas desenvolvidas no espaço público, distinguindo-se das manifestações de caráter institucional ou empresarial, bem como do mero vandalismo. A princípio, um movimento underground, a street art foi gradativamente se constituindo como forma do fazer artístico, abrangendo várias modalidades de grafismos - algumas vezes muito ricos em detalhes, que vão do Grafite ao Estêncil, passando por stickers e cartazes lambe-lambe, também chamados poster-bombs -, intervenções, instalações, flash mob, entre outras. A rua não é de ninguém e mesmo assim fui preso cinco vezes por fazer Grafite, inevitável que as autoridades ainda acham que nos artistas somos vagabundos ou infratores de nosso Amado País. Infelizmente Vivemos em um Lindo País, que poucas pessoas têm acesso cultural, nome deste País se chama Brasil Contatos: cel(18) 97480060 Email:alemaoart@hotmail.com

online

contador de visitas

Seguidores

Páginas

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Ovelhas-Telefone por Jean-Luc Cornec

Reações: 






O artista “esculpiu” ovelhas a partir de antigos telefones, combinando a vida animal e a tecnologia obsoleta, numa analogia genial entre os padrões de comunicação de uma das espécies mais sociáveis do mundo e o Homem, o criador não só desses mesmos telefones, mas também dos próprios conceitos de sociedade e comunicação.

A cabeça e as patas de cada animal são feitas com o aparelho em si, enquanto que o corpo é criado a partir dos fios do mesmo, enrolados sobre uma estrutura metálica, imitando a lã. Algumas das ovelhas parecem alimentar-se, outras estão juntas apenas, formando um rebanho muito realista, havendo até a icónica ovelha negra.


Nesta era digital, quem não se perguntou pelo destino dos velhos telefones de disco, por exemplo? Bem, muitos terão sido destruídos, outros tantos são quinquilharia perdida, mas, felizmente, há uma réstia desses objectos magníficos na memória colectiva, mais não seja graças a alguns revivalistas e artistas visionários.

Jean-Luc Cornec é um desses artistas. Nascido em Lannilis, pequena localidade do norte de França, estudou na cidade alemã de Frankfurt, onde actualmente reside e trabalha. A sua obra é, pelas suas próprias palavras, um apelo visual de combinação de elementos como o abstracto, o nostálgico ou o arcaico. E é exactamente dessa conjugação que nasce em 2006 um dos trabalhos mais identificativos da sua identidade criativa: 'Ovelhas-Telefone'.

Em Frankfurt, cidade que o acolheu, o Museum für Kommunikation (Museu das Comunicações), o qual exibe vários meios de comunicação, das caixas de correio ao telégrafo, postais, etc., foi o local escolhido para a instalação de Cornec, e não poderia a escolha ser outra.



Mais em: http://obviousmag.org/archives/2010/06/ovelhas-telefone_por_jean-luc_cornec.html#ixzz10mqEXrpM

Nenhum comentário:

Postar um comentário